22.12.2015 | Prefeitura de Laguna Carapã concede recesso e férias coletivas aos servidores públicos

O prefeito Itamar Bilibio concedeu recesso aos servidores públicos municipais da administração direta e indireta do município de Laguna Carapã, o período de recesso inicia no dia 23 de dezembro e vai até o dia 03 de janeiro de 2016.

 

Segundo o decreto nº 248 de 07 de dezembro de 2015, Fica concedido recesso  aos servidores públicos municipais, suspendendo-se o expediente de trabalho dos órgãos de Administração Direta e Indireta do Município de Laguna Carapã/MS, com exceção dos serviços essenciais que, pelas suas naturezas,  não poderão sofrer alterações, que são os serviços relacionados à saúde, à vigilância de bens públicos,  a coleta de lixo urbano, CRAS e CREAS.

 

Depois do período de recesso, os servidores públicos municipais gozaram de férias coletivas, no período de 04 de janeiro a 18 de janeiro de 2016. As férias coletivas foram concedidas através do decreto nº 249 de 07 de dezembro de 2015.

 

Segundo o decreto ficam concedidas férias coletivas aos servidores públicos municipais, suspendendo-se o expediente de trabalho dos órgãos de Administração Direta e Indireta do Município de Laguna Carapã/MS, no período de 04 de janeiro de 2016 a 18 de janeiro de 2016, com exceção dos serviços essenciais que, pelas suas naturezas, não poderão sofrer alterações. Consideram-se, neste período, serviços essenciais os relacionados à saúde, à vigilância de bens públicos, o setor de arrecadação municipal, a coleta de lixo urbano, CRAS, CREAS a Secretaria de obras e serviços urbanos, Secretaria de agricultura pecuária ind.com. e turismo.

 

Segundo o prefeito Itamar Bilibio essas medidas foram tomadas considerando os costumes locais e inclusive nacionais no sentido da diminuição das atividades econômicas, “com a coincidência das férias escolares, essas medidas possibilitam a redução da intensidade de prestação de serviços públicos, sem maiores prejuízos à comunidade, pois a procura pelos serviços diminui consideravelmente nos órgãos que estarão de férias coletivas”, explicou o prefeito, que acrescentou ainda que os órgãos que prestam serviços essenciais não terão seu funcionamento interrompido, atendendo normalmente a população lagunense.