31.03.2016 | Crotalária é a nova aposta de combate à dengue em Laguna Carapã

Planta atrai libélulas, que são predadoras naturais do mosquito.

 

Por Simone Burin

 

A Prefeitura de Laguna Carapã está em busca de novas providências para combater o Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e Chikungunya. O projeto “Diga não a Dengue: Cultive uma crotalária”, desenvolvido por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, consiste em realizar o plantio de Crotalária, uma pequena planta de flores amarelas, em postos estratégicos e órgãos públicos do município.

 

Crotalária é uma planta leguminosa que cresce pouco e se bem cuidada floresce com cerca de 90 dias, ela possibilita o controle biológico do mosquito Aedes Aegyppti. A flor da crotalária atrai a libélula, que por sua vez se alimenta do mosquito da dengue, a libélula também põe ovos nos mesmos locais que o mosquito da dengue, em água parada e limpa. Quando as larvas da libélula eclodem, elas comem a larvas do mosquito da dengue.

 

Nesta quinta-feira (31), a secretária de Saúde Deide Tamanho e o secretário de Meio Ambiente, Demilson Dias, estiveram acompanhados de suas equipes, realizando o plantio das mudas de crotalária, que foram produzidas no viveiro da Secretaria de Meio Ambiente. Inicialmente as mudas foram plantadas no Posto de Saúde Central, Hospital Municipal e CEI Dolvanino Triches.

 

Segundo a Secretária de Saúde, Deide Tamanho, a intenção é utilizar a crotalária como aliada no combate ao mosquito da dengue, “esse projeto será uma complementação ao serviço que já está sendo realizado no município pelos agentes de Endemias, é mais uma arma para tentarmos acabar com o mosquito, em outras cidades que estão utilizando a crotalária estão tendo sucesso, dessa forma resolvemos fazer este projeto”, frisou a secretária.

 

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente, Demilson Dias, foram produzidas centenas de mudas da planta, que serão plantadas em pontos estratégicos do município, “vamos plantar essas mudas em órgãos públicos, canteiros das avenidas, lugares estratégicos, posteriormente vamos desenvolver o projeto junto com a Secretaria de Educação, onde as sementes serão distribuídas aos alunos nas escolas para que cultivem a crotalária em suas casas”, explicou o secretário.

 

Para o prefeito Itamar Bilibio essa iniciativa só será valida com o apoio da população, “esse projeto é um complemento, não adianta plantar as crotalárias e não limpar os terrenos, precisamos unir as forças e fazer tudo o que estiver ao nosso alcance, a Prefeitura está fazendo sua parte com o atendimento dos agentes de endemias, os mutirões de limpeza e agora com o plantio da crotalária, é preciso também a conscientização da população para manter seus quintais limpos e livres de possíveis criadouros do mosquito”, salientou o Prefeito.