Laguna Carapã / MS, 17 de Dec de 2018
23/11/2018 08:29
Serviço Família Acolhedora está com inscrições abertas

O município de Laguna Carapã, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, já está com as inscrições abertas para as famílias que desejam ingressar no Serviço de Família Acolhedora.

As famílias ou pessoas da comunidade interessadas em acolher em suas casas, por período provisório, crianças ou adolescentes que estejam com seus direitos violados e que, por isso, precisam de proteção, devem entrar em contato com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O Serviço destina-se, mediante determinação judicial, ao atendimento de crianças e adolescentes do município, com idade de 0 até 18 anos incompletos, que tenham seus direitos ameaçados ou violados (vítimas de violência sexual, física, psicológica, negligência, em situação de abandono, órfãos, entre outros) e necessitem de proteção e abrigo temporário, de maneira a possibilitar o desenvolvimento e reintegrá-las ao seu ambiente familiar de origem.

A 'Família Acolhedora' cuida da criança ou do adolescente e assume sua guarda provisória, enquanto a equipe do serviço apoia e auxilia no fortalecimento da família de origem, que está temporariamente sem condições de proteger e cuidar dos próprios filhos. Uma vez solucionados os problemas causadores da medida protetiva, a criança ou adolescente volta a viver, sempre que possível, com a família de origem.

Serviço

O Serviço Família Acolhedora visa atender apenas crianças e adolescentes residentes no município de Laguna Carapã.
O Serviço 'Família Acolhedora' tem por objetivo cadastrar e capacitar famílias da comunidade interessadas em receber, por um período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos.

A ideia é fornecer a essas pessoas a possibilidade de convivência familiar, amparo e aceitação. O acolhimento provisório é uma parceria no atendimento para o retorno à família biológica ou substituta, se for o caso.

O cadastramento das famílias interessadas deve ser efetuado no CREAS, localizado na Rua Lídio Vilhalva Espindola nº 1001, telefone 3438-1780.

Fonte:Assessoria de Imprensa