Laguna Carapã / MS, 17 de Oct de 2021
02/09/2021 10:33
Município de Laguna Carapã está com inscrições abertas para famílias interessadas em participar do Serviço de Famílias Acolhedoras

O município de Laguna Carapã, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, já está com as inscrições abertas para as famílias que desejam ingressar no Serviço de Família Acolhedora.

As famílias ou pessoas da comunidade interessadas em acolher em suas casas, por período provisório, crianças ou adolescentes que estejam com seus direitos violados e que, por isso, precisam de proteção, devem entrar em contato com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

"O objetivo é garantir a nossas crianças e adolescentes o direito a uma convivência familiar, de forma a diminuir o sofrimento que deu origem ao acolhimento", ressaltou a secretária da Pasta, Ivanir Dalbosco.

O Serviço destina-se, mediante determinação judicial, ao atendimento de crianças e adolescentes do município, com idade de 0 até 18 anos incompletos, que tenham seus direitos ameaçados ou violados (vítimas de violência sexual, física, psicológica, negligência, em situação de abandono, órfãos, entre outros) e necessitem de proteção e abrigo temporário, de maneira a possibilitar o desenvolvimento de suas potencialidades e a reintegrá-las ao seu ambiente familiar de origem.

A 'Família Acolhedora' cuida da criança ou do adolescente e assume sua guarda provisória, enquanto a equipe do serviço apoia e auxilia no fortalecimento da família de origem, que está temporariamente sem condições de proteger e cuidar dos próprios filhos. Uma vez solucionados os problemas causadores da medida protetiva, a criança ou adolescente volta a viver, sempre que possível, com a família de origem.

Segundo a secretária, a divulgação do serviço será feita por meio de cartazes, matérias na imprensa e nas rádios.

"Esperamos poder contar com o apoio da família Lagunense nesse importante trabalho de acolhimento em busca da garantia de proteção às crianças e aos adolescentes", ressaltou o prefeito municipal.

A ideia é fornecer a essas pessoas a possibilidade de convivência familiar, amparo e aceitação. O acolhimento provisório é uma parceria no atendimento para o retorno à família biológica ou substituta, se for o caso.

As inscrições para o Serviço de Família Acolhedora estão abertas, sendo que o cadastramento das famílias interessadas deve ser efetuado no CREAS, localizado na Rua Lídio Vilhalva Espindola, 1001 Monte Alegre, telefone 3438 1780 / 99232- 4781.

Fonte:CREAS